Font Size

Cpanel

Engenharia Civil

CURSO

Engenharia Civil

 

BASE LEGAL (PORTARIA)

Portaria nº 296, de 09 de julho de 2013

 

O CURSO

O objetivo do Curso de Engenharia Civil é formar profissionais aptos para atuarem na concepção, planejamento, projeto, construção, administração, operação e manutenção, nas diversas áreas da Engenharia Civil: uso e parcelamento do solo, aproveitamento e utilização de recursos naturais, obras de terra, edificações, desenvolvimento urbano, rural e regional, transportes, sistema viário, meio de comunicação, saneamento, desenvolvimento industrial e agropecuário, etc., tendo como parâmetros qualidade, segurança, funcionalidade e economia, visando o bem estar, a proteção ambiental e o desenvolvimento da sociedade. Poderá ainda desenvolver atividades de pesquisa e de difusão de conhecimentos.

 

COMPETÊNCIAS (DE ACORDO COM AS DIRTRIZES CURRICULARES)

Os Currículos dos Cursos de Engenharia deverão dar condições a seus egressos para adquirir competências e habilidades para:

a) aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;

b) projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;

c) conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;

d) planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;

e) identificar, formular e resolver problemas de engenharia;

f) desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;

g) supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;

h) avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;

i) comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;

j) atuar em equipes multidisciplinares;

k) compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;

l) avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;

m) avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;

n) assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.

 

MISSÃO

Formar o engenheiro civil com sólido conhecimento teórico e competência para a concepção, elaboração, implantação e realização de projetos de construção civil, em que prevaleça a ética e o desenvolvimento sustentável, contribuindo com uma sociedade justa, inclusiva e democrática.

 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O exercício da profissão do Engenheiro Civil era regulamentado pela lei federal nº. 5.194 de 24 de dezembro de 1966, nhoque, em seu artigo 7º estabelecia as seguintes atividades e atribuições profissionais:

a) Desempenho de cargo, funções e comissões em entidades estatais, paraestatais, autárquicas de economia mista e privada;

b) Planejamento e projeto, em geral de regiões, zonas, cidades, obras,

c) Estruturas, transportes, exploração de recursos naturais e desenvolvimento da produção industrial e agropecuária;

d) Estudos, projetos, análises, avaliações, vistorias, perícias, pareceres e divulgação técnica;

e) Ensino, pesquisas, experimentação e ensaios;

f) Fiscalização de obras e serviços técnicos;

g) Direção de obras e serviços técnicos;

h) Execução de obras e serviços técnicos;

i)   Produção técnica especializada, industrial ou agropecuária.

j)   O parágrafo único dessa lei estabelece ainda que o Engenheiro Civil poderá exercer qualquer outra atividade que por sua natureza, se inclua no âmbito de sua profissão.

 

PERFIL DO EGRESSO

O perfil dos egressos do curso de Engenharia Civil compreenderá uma sólida formação técnico científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

 

DURAÇÃO DO CURSO

5 anos (10 períodos)

 

 

 ARQUIVOS PARA DOWNLOAD

GRADE CURRICULAR   |   GRADE Curricular 2013-2     |    GRADE Curricular 2014-1   |    GRADE Curricular 2017-1

CORPO DOCENTE 2017/01

eng civil

HORÁRIO DE ATENDIMENTO - Coordenção de Engenharia Civil
Dias: terça-feira e quinta-feira
Horário: das 19h às 22h
Local: Prédio II

 

.

Arquitetura e Urbanismo

 

CURSO

Arquitetura e Urbanismo.

 

BASE LEGAL (PORTARIA)

Bacharelado, autorizado pela Portaria do MEC nº 337, de 29/05/2014, publicada no DOU de 30/05/2014. Página 69. Seção 1. D.O.U. 30/05/2014.

 

O CURSO

O curso está organizado de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para Cursos de Arquitetura e Urbanismo, Res. CNE/CES 002/2007 com disciplinas distribuídas com base no dimensionamento equitativo da carga horária e em função do objetivo e do perfil do profissional que a FAVAG pretende formar. Com o total de 3 880 horas distribuídas em 10 semestres, a matriz curricular do curso de Arquitetura e Urbanismo da FAVAG contempla dois núcleos, o Núcleo de conhecimentos de fundamentação e o Núcleo de conhecimentos profissionais. O PPC alinha os elementos estruturais sugeridos pelas diretrizes curriculares nacionais (DCN) de Arquitetura e Urbanismo, e a estrutura curricular contempla os aspectos de articulação da teoria com a prática em todo o processo de formação e não apenas nas atividades extraclasses; essas últimas privilegiam o contato dos alunos junto à comunidade, no sentido de pensar e propor soluções para problemas de sua realidade.

 

COMPETÊNCIAS (DE ACORDO COM AS DIRTRIZES CURRICULARES)

I - o conhecimento dos aspectos antropológicos, sociológicos e econômicos relevantes e de todo o espectro de necessidades, aspirações e expectativas individuais e coletivas quanto ao ambiente construído;

II - a compreensão das questões que informam as ações de preservação da paisagem e de avaliação dos impactos no meio ambiente, com vistas ao equilíbrio ecológico e ao desenvolvimento sustentável;

III - as habilidades necessárias para conceber projetos de arquitetura, urbanismo e paisagismo e para realizar construções, considerando os fatores de custo, de durabilidade, de manutenção e de especificações, bem como os regulamentos legais, de modo a satisfazer as exigências culturais, econômicas, estéticas, técnicas, ambientais e de acessibilidade dos usuários;

IV - o conhecimento da história das artes e da estética, suscetível de influenciar a qualidade da concepção e da prática de arquitetura, urbanismo e paisagismo;

 V - os conhecimentos de teoria e de história da arquitetura, do urbanismo e do paisagismo, considerando sua produção no contexto social, cultural, político e econômico e tendo como objetivo a reflexão crítica e a pesquisa;

 VI - o domínio de técnicas e metodologias de pesquisa em planejamento urbano e regional, urbanismo e desenho urbano, bem como a compreensão dos sistemas de infraestrutura e de trânsito, necessários para a concepção de estudos, análises e planos de intervenção no espaço urbano, metropolitano e regional;

 VII - os conhecimentos especializados para o emprego adequado e econômico dos materiais de construção e das técnicas e sistemas construtivos, para a definição de instalações e equipamentos prediais, para a organização de obras e canteiros e para a implantação de infraestrutura urbana;

 VIII - a compreensão dos sistemas estruturais e o domínio da concepção e do projeto estrutural, tendo por fundamento os estudos de resistência dos materiais, estabilidade das construções e fundações;

 IX - o entendimento das condições climáticas, acústicas, luminosas e energéticas e o domínio das técnicas apropriadas a elas associadas;

 X - as práticas projetuais e as soluções tecnológicas para a preservação, conservação, restauração, reconstrução, reabilitação e reutilização de edificações, conjuntos e cidades;

 XI - as habilidades de desenho e o domínio da geometria, de suas aplicações e de outros meios de expressão e representação, tais como perspectiva, modelagem, maquetes, modelos e imagens virtuais;

 XII - o conhecimento dos instrumentais de informática para tratamento de informações e representação aplicada à arquitetura, ao urbanismo, ao paisagismo e ao planejamento urbano e regional;

 XIII - a habilidade na elaboração e instrumental na feitura e interpretação de levantamentos topográficos, com a utilização de aerofotogrametria, fotointerpretação e sensoriamento remoto, necessários na realização de projetos de arquitetura, urbanismo e paisagismo e no planejamento urbano e regional.

 

MISSÃO

Formar Arquitetos e Urbanistas com competências artísticas, humanísticas, tecnológicas e científicas, que o possibilite atuar no mercado de trabalho com excelência, sendo capaz de destacar nos constantes desafios de transformação da realidade local, regional ou nacional.

 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

Os profissionais Arquitetos e Urbanistas egressos da FAVAG podem atuar em todas as áreas de atribuição estabelecidas para arquitetos e urbanistas dentre elas: Projeto de Arquitetura, de Estruturas, de Urbanismo, de Conforto Ambiental, de Interiores, de Instalações Hidrossanitárias, de Prevenção de Incêndio, de Instalações Elétricas de Baixa Tensão, de Paisagismo, de Loteamento, de Movimentação de Terra, de Preservação do Patrimônio Histórico dentre outros, além de Elaborar Orçamentos, Memoriais e Relatórios Técnicos de Obras, Execução e Gestão de Obras, Projetos de Regularização Ambiental, Planejamento Urbano e Regional, Ensino e Pesquisa, seja na iniciativa privada ou em órgãos públicos.

 

PERFIL DO EGRESSO

Os egressos do Curso de Arquitetura e Urbanismo da FAVAG possuirão um perfil generalista, humanista, cientifico e empreendedor, capaz de solucionar problemas, aptos a atuar profissionalmente em todos os segmentos da arquitetura com uma visão ampla e global. No exercício de sua profissão deverão respeitar os princípios legais, éticos, ambientais e culturais do indivíduo e da coletividade com o objetivo de preservar o patrimônio arquitetônico, o meio ambiente e atuar na construção de habitações e cidades humanizadas.

 

DURAÇÃO DO CURSO

05 Anos (10 períodos).

 

ARQUIVOS PARA DOWNLOAD

GRADE CURRICULAR:   ARQUITETURA 2016 - 1   |  ARQUITETURA 2015 - 1   |   ARQUITETURA 2014 - 2  |   ARQUITETURA 2017-01

CORPO DOCENTE 2017/01

 

arq

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AOS ACADÊMICOS
Coordenção de Arquitetura e Urbanismo

Dias: terça-feira e quinta-feira
Horário: das 09h40 às 10h30 e das 20h às 20h50
Local: Prédio II

 

.

Pedagogia

CURSO

Pedagogia

 

BASE LEGAL (PORTARIA)

PORTARIA Nº 825, DE 25 DE JUNHO DE 2009

 

 

O CURSO

A formação do licenciado em Pedagogia abrange:

- o conhecimento da escola como organização complexa que tem a função de

promover a educação para e na cidadania;

- a pesquisa, a análise e a aplicação dos resultados de investigações de interesse da

área educacional;

- a participação na gestão de processos educativos e na organização e funcionamento de sistemas e instituições de ensino.

-atividades docentes que compreendem a participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando:

- planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da Educação;

- planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de projetos e experiências educativas não-escolares;

- produção e difusão do conhecimento científico-tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares.

 

 

COMPETÊNCIAS (DE ACORDO COM AS DIRTRIZES CURRICULARES)

I - conhecer, analisar e compreender as políticas educacionais e seus processos de

implementação e avaliação, bem como os textos legais relativos à organização da educação

nacional;

II - articular as teorias pedagógicas às de currículo no desenvolvimento do processo

de ensino-aprendizagem;

III - considerar nas práticas educativas os conhecimentos relativos aos processos de

desenvolvimento e aprendizagem de crianças, jovens e adultos, contemplando as dimensões

física, cognitiva, afetiva, estética, cultural, lúdica, artística, ética e biossocial;

IV - compreender as abordagens do conhecimento pedagógico e conteúdos que

fundamentam o processo educativo na Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental;

V - planejar, desenvolver e avaliar situações de ensino-aprendizagem, de modo a

elaborar objetivos, definir conteúdos e desenvolver metodologias específicas para as diferentes áreas, considerando as múltiplas dimensões da formação humana;

VI - planejar, implementar e avaliar projetos educativos contemplando e articulando

a diversidade e as múltiplas relações das esferas do social: cultural, ética, estética, científica e

tecnológica;

VII - conhecer a realidade dos diferentes espaços de atuação do Pedagogo e suas

relações com a sociedade, de modo a propor intervenções educativas fundamentadas em

conhecimentos filosóficos, sociais, psicológicos, históricos, econômicos, políticos, artísticos e

culturais;

VIII - articular as teorias pedagógicas às de currículo na elaboração e avaliação de

projetos pedagógicos e na organização e na gestão do trabalho educativo escolar e não-escolar;

IX - estabelecer a articulação entre os conhecimentos e os processos investigativos

do campo da educação e das áreas do ensino e da aprendizagem, docência e gestão escolar;

X - promover, planejar e desenvolver ações visando à gestão democrática nos

espaços e sistemas escolares e não-escolares;

XI - conhecer e desenvolver o processo de construção e avaliação do projeto

político-pedagógico, de currículos e programas na área da educação;

XII - desenvolver trabalho didático empregando os códigos de diferentes linguagens

utilizadas por crianças, bem como os conteúdos pertinentes aos primeiros anos de escolarização, relativos a Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes e Educação Física, em uma perspectiva interdisciplinar;

XIII - compreender as relações entre educação e trabalho, a diversidade cultural, a

cidadania, entre outras problemáticas da sociedade contemporânea;

XIV - integrar diferentes conhecimentos e tecnologias de informação e comunicação

no planejamento e desenvolvimento de práticas pedagógicas escolares e não-escolares.

 

MISSÃO

“Desenvolver competências para a formação do profissional da educação comprometido com a ética, a comunidade e com o processo de transformação social e propiciar condições para uma aprendizagem significativa e eficaz".

 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O curso de Licenciatura em Pedagogia destina-se à formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, no curso Normal de educação profissional de nível médio. Dentro da escola, a/o pedagoga/a atua também na área de serviços e apoio escolar como Especialista da Educação Básica. Em instituições não escolares, esse profissional pode atuar em diversas frentes, como, por exemplo, na capacitação e qualificação de pessoas em empresas, no atendimento à crianças em situação hospitalar, na ressocialização e qualificação de pessoas privadas de liberdade e em qualquer área em que forem exigidos conhecimentos pedagógicos.

 

PERFIL DO EGRESSO

O(A) egresso(a) da formação inicial e continuada deverá possuir um repertório de informações e habilidades composto pela pluralidade de conhecimentos teóricos e práticos, resultado do projeto pedagógico e do percurso formativo vivenciado, cuja consolidação virá do seu exercício profissional, fundamentado em princípios de interdisciplinaridade, contextualização, democratização, pertinência e relevância social, ética e sensibilidade afetiva e estética.

 

DURAÇÃO DO CURSO

4 anos (8 períodos)

 

ARQUIVOS PARA DOWNLOAD

GRADE CURRICULAR:  PEDAGOGIA Matriz Curricular 2013   |   PEDAGOGIA Matriz Curricular 2014

CORPO DOCENTE 2017/01

ped

 HORÁRIO DE ATENDIMENTO - Coordenção de Pedagogia
Dias: segunda-feira a sexta-feira
Horário: das 19h às 22h
Local: Prédio I

 

.

Ciências Contábeis

CURSO

Ciências Contábeis

 

BASE LEGAL (PORTARIA)

PORTARIA Nº 337

DATA: 29/05/2014

PUBLICAÇÃO: 30/05/2014

CRIAÇÃO DO CURSO: 04/08/2014

 

O CURSO

O curso de graduação em Ciências Contábeis deve ensejar condições para que o futuro contabilista seja capacitado a: compreender as questões científicas, técnicas, sociais, econômicas e financeiras, em âmbito nacional e internacional e nos diferentes modelos de organização; apresentar pleno domínio das responsabilidades funcionais envolvendo apurações, auditorias, perícias, arbitragens, noções de atividades atuariais e de quantificações de informações financeiras, patrimoniais e governamentais, com a plena utilização de inovações tecnológicas e revelar capacidade crítico-analítica de avaliação, quanto às implicações organizacionais com o advento da tecnologia da informação.

.

 COMPETÊNCIAS (DE ACORDO COM AS DIRTRIZES CURRICULARES)

HABILIDADES NECESSÁRIAS PARA O CONTADOR: 

I. utilizar adequadamente a terminologia e a linguagem das Ciências Contábeis e Atuariais;

II. demonstrar visão sistêmica e interdisciplinar da atividade contábil;

III. elaborar pareceres e relatórios que contribuam para o desempenho eficiente e eficaz de seus usuários, quaisquer que sejam os modelos organizacionais;

IV. aplicar adequadamente a legislação inerente às funções contábeis;

V. desenvolver, com motivação e por meio de permanente articulação, a liderança entre equipes multidisciplinares para a captação de insumos necessários aos controles técnicos e a geração e disseminação de informações contábeis, com reconhecido nível de precisão;

VI. exercer suas responsabilidades com o expressivo domínio das funções contábeis, incluindo noções de atividades atuariais e de quantificações de informações financeiras, patrimoniais e governamentais, que viabilizem aos agentes econômicos e aos administradores de qualquer segmento produtivo ou institucional o pleno cumprimento de seus encargos quanto ao gerenciamento, aos controles e à prestação de contas de sua gestão perante a sociedade, gerando, também, informações para a tomada de decisão, organização de atitudes e construção de valores orientados para a cidadania;

VII. desenvolver, analisar e implantar sistemas de informação contábil e de controle gerencial, revelando capacidade crítico-analítica para avaliar as implicações organizacionais com a tecnologia da informação;

VIII. exercer com ética e proficiência as atribuições e prerrogativas que lhe são prescritas através da legislação específica, revelando domínios adequados aos diferentes modelos organizacionais.

 

 

MISSÃO

“Formar o profissional com competência técnica e crítica, capaz de interpretar as mudanças ocorridas na sociedade, preparando-o para atuar eticamente diante dos desafios do mercado e contribuir para o desenvolvimento das organizações e bem-estar da sociedade. ”


 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O curso de bacharel em ciências contábeis destina-se a formação do profissional contador para exercer funções como empresário da contabilidade, autônomo ou vinculado a empresas de diferentes modelos de organização, além de atuar no serviço público aplicando competências específicas de auditoria, controladoria, perícia, mediação, avaliação e arbitragem, integrando os diferentes conteúdos de sua formação a essas funções.

 

 PERFIL DO EGRESSO

O(A) egresso (a) deve ser capaz de integrar as áreas de conhecimento e avaliar os impactos da evolução da sociedade de forma sistêmica. O profissional deve possuir compromisso com a ética, capaz de agir com responsabilidade e de suprir com competência as demandas do mercado de trabalho. Deve ter domínio sobre as questões técnico-científicas, sociais, econômicas e financeiras em âmbito nacional e internacional das organizações, ter pleno entendimento das atribuições e responsabilidades funcionais, compreender os fluxos contábeis e seus sistemas, apurações, auditorias, perícias, arbitragens, noções atuariais, as funções gerenciais e ter capacidade crítica para análise e tomada de decisão.

 

DURAÇÃO DO CURSO

4 anos (08 períodos)

 

 

 ARQUIVOS PARA DOWNLOAD

GRADE CURRICULAR   |  CORPO DOCENTE 2017-1

contabeis

HORÁRIO DE ATENDIMENTO - Coordenção de Ciências Contábeis
Dias: de terça-feira a sexta-feira
Horário: das 20h às 21h30
Local: Prédio I

 

.

Matemática

O Curso

O licenciado em Matemática é uma pessoa com facilidade de raciocínio, cálculos, otimização e resolução de problemas. O curso de Matemática da Faculdade Vale do Gorutuba - FAVAG – forma profissionais com amplo conhecimento científico, acrescido de uma formação pedagógica consciente e crítica que lhes possibilitam exercer o magistério e também outras atividades que exijam raciocínio lógico-matemático, funções para as quais existe uma grande demanda no mercado.

Áreas de Atuação

O graduado em Matemática poderá atuar no magistério do Ensino Fundamental e Médio, na Administração Escolar, bem como em Instituições Financeiras, Mercado de Capitais, Bolsas de Valores, Mesas de câmbio, Instituições Bancárias, Estatísticas (empresas de levantamento de dados), Cálculos (área, volume, tempo, peso, etc.), ocupando posições de destaques tanto em instituições públicas quanto em empresas privadas, além de poder especializar-se inclusive para a docência em Ensino superior.

Perfil do Egresso

O curso de Matemática tem um perfil que engloba conhecimentos matemáticos, pedagógicos e de informática. Para isso, são disponibilizados aos acadêmicos laboratórios de informática para aulas e pesquisas, laboratórios de física e matemática, brinquedoteca, além de contarem com ampla e bem equipada biblioteca. O curso tem obtido grande sucesso na preparação de bons profissionais, pois os alunos egressos têm atuação garantida no mercado de trabalho. Hoje, 90% dos alunos formados pelo curso estão atuando como professores. A porcentagem de alunos que não estão atuando na área de educação são aqueles que antes da graduação já exerciam uma atividade profissional na área empresarial.

Mais artigos...

Mídias

Curta a página da FAVAG no Facebook e fique por dentro das novidades!

redes

Links Úteis

Segue abaixo alguns links úteis para a comunidade acadêmica em geral.

comut

Contato

Av. Tancredo Neves, 302, Centro,
Nova Porteirinha/MG - Ver Mapa

  • Tel: (38) 3834-1027 / 1021 / 1522 / (38) 9232.7877 tim
  • Email: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
  • URL: www.favag.edu.br